sábado, 23 de janeiro de 2016

*Lua Cheia*

É como se de uma invasão se tratasse
Nos mais estranhos dias do meu ser eu paro para olhar pra ti
É como se de uma invasão se tratasse
A imensidão do teu brilho penetra o mais profundo do meu ser
É como se de uma invasão se tratasse
Noite a dentro eu não encontro seja qual for a solução que procuro
É como se de uma invasão se tratasse
Dias tenebrosos e tristes, dias sem luz e dias sem brilho
É como se de uma invasão se tratasse
Quanto mais tempo me falta para ter a tão desejada bênção?
É como se de uma invasão se tratasse
Não entendo muita coisa neste mundo...
Não perca a Fé é o mais profundo dos pensamentos.

 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário